Madrugadoras avenidas de Belém

Mal dormi em Belém. Mais importante era conhecer aquela cidade em que passaria menos de um dia. Levantei-me às 4:30 da manhã. Sorte: logo ao descer consegui um mapa da cidade na recepção do estranho hotel. Era ainda madrugada e eu já caminhava pelas ruas. Saí junto com o sol para acordarmos as avenidas. Segui pela Nazaré, fazendo o caminho inverso do Círio. Cheguei ao Teatro da Paz, ainda havia penumbras. Desci pelas ruas, refazendo o caminho e fui ter na Praça Batista Campos, imenso viveiro. Suas aves cantam estridentemente, são não mais cantoras, são aves gritantes, ouve-se um som similar quando se adentra o zoológico da Quinta da Boa Vista. Continuo meu percurso, driblo os mendigos, os papelões, as sujeiras. Belém tem todos os males de uma cidade grande e talvez não tenha os benefícios de uma. Chego à Basílica de Nazaré, requinte do destino: tocam os sinos, são sete horas. Começa a missa, assisto seu início, tiro fotos. Volto às ruas, aos paralelepípedos, às poças de urina, ao sol. Passo pelo shopping Iguatemi  e caminho até a Igreja da Sé. Abençoado, toca novamente o sino, são 8h: as casas são brancas, a igreja é branca, há flores que não são brancas. É um bonito lugar, dali sai o Círio de Nazaré a caminhar até a Basílica de Nazaré. Contam-me histórias: em dia de procissão às duas horas da manhã já há gente na rua a segurar a corda que se estende até a Santa, ocorrem desmaios, desentendimentos, choros… sigo, sem chorar. Vejo que o céu está tomado por urubus, faço uma pausa no forte e, novamente , sigo. Sigo os urubus, até que um deles pousa sobre um barco. Chegara ao Ver o Peso.

Antunes – Parauapebas, 21 de setembro de 2009.

O mapa.

O mapa.

O Teatro da Paz, ainda de madrugada

O Teatro da Paz, ainda de madrugada

Praça Batista Campos

Praça Batista Campos, morada de pássaros.

Basílica de Nazaré, onde chega o Círio.

Basílica de Nazaré, onde chega o Círio.

Igreja da Sé, de onde sai o Círio.

Igreja da Sé, de onde sai o Círio.

2 Respostas para “Madrugadoras avenidas de Belém

  1. Gosto muito de lê-lo, amor.

  2. O seu texto não ajudou muito a secretaria de turismo da cidade, eu acho. rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s