Ourilândia – A Cidade Ridícula

Calma, inteligente leitor. Não ache que o título é um preconceito de minha parte. Na verdade, quero o sentido original da palavra ridículo: aquele que provoca o riso. Falo isso não por mim, mas pelo que me mostraram os outros. Toda vez que falei de Ourilândia marquei um encontro com o riso, com o dente alheio.

As galhofas começaram ainda no Rio.

– Vou pra Ourilândia!

– Pra onde?

– Ouri-lândia!

– Urilândia? Haha. Deve ter muito mijo nessa cidade.

É, leitor. A primeira piada foi assim: Ourilândia apareceu-me como a Dinsney da urina. Viria a segunda, irmanada à terceira:

– Vou pra Ourilândia.

– Pra onde?

– Ouri-lândia!

– Haha. Gurilândia, deve ter muitos guris por lá.

– É? – dizia eu de riso torto.

– Pensando bem, acho que não. Deve ter é muito gorila, fica no meio da Amazôna. Haha. Gorilândia!

É, leitor. Este pobre escrevedor foi vítima até de humoristas que não sabem que não existem gorilas na Amazônia. Logo pensei: este maldito etnocentrismo do Rio de Janeiro acabará em breve, quando eu chegar a Ourilândia, o Eldorado tupiniquim! Liguei pro Pará para me informar:

– Oi, eu gostaria de uma informação sobre Ourilândia…

– Sobre onde?

– Ouri-lândia!

E depois, só ouvi os risos abafados da telefonista.

Quando encontrei o meu guia da floresta e motorista, o piauiense, seu Luiz Gonzaga, também ouvi piadinha:

– É, barão, sabe que Ourilândia cresceu, né?

– É?

– É, já está alcançando o Rio.

– É?

– É, o Rio Verde que fica aqui do lado de Gogó da Onça. Hahaha.

Inconformado, esperei chegar à cidade e, diante de minha turma repleta de alunos moradores de Ourilândia, enchi a boca e pronunciei com o peito estufado de orgulho: Bom, gente, vamos começar nosso curso de formação de multiplicadores de Ourilândia do Norte. Mas, quando acabei de pronunciar a palavra, todos trocaram olhares, morderam os lábios e não conseguindo esconder, riram. Riram a mais sonora gargalhada que ouvi nos últimos anos. HahahaHHAhahahahHahahahaha! Também me senti ridículo, ridículo como Ourilândia. Sentei. Esperei que acabassem e, enquanto isso, ri. Ri de mim e de Ourilândia, ri um riso amarelo para esta cidade ridícula.

Antunes

Ourilândia (hahahahahahahha), 23 de março de 2010

9 Respostas para “Ourilândia – A Cidade Ridícula

  1. Tem nome e sobrenome??? Ourilândia do Norte??? phhhaaaaaaaaaaaaaaaaaaa…

  2. Putz, Vinicius… me diz uma coisa… essas estórias que você conta, tá não todas elas… mas essa é relmente verdade? Aconteceu mesmo isso das piadinhas sobre Ourilândia?
    E a foto desse post é realmente MUITO ridícula… eu ri.

  3. Vcs são todos uns “indiotas”.
    Pensam: Oh! sou do RJ! kkkkkkk! Grande bosta!
    Eu sou de SP e isto não quer dizer nada, é outra bosta.
    Mas fui muito bem recebido na região sudeste do Pará. Bom salário, boas perpectivas de alcançar a independência financeira, um clima e equilibrado e puro. Um povo amigo, que, mesmo sabendo que a gente chega de fora já pensando em engravidar as filhas deles e sair fora, até que você prove ao contrário, te tratam como membro da família.
    Tenho 13 anos aqui e estou falando com conhecimento de causa.
    Vocès é que são ridículos!

    Respeito é bom!

  4. Caro Sinésio,
    Que bom que você é de São Paulo, adoro SP. Acho que faltou um pouco mais de boa vontade sua ao ler o texto e perceber as nuances de ironia. Principalmente no fim, onde como você disse em seu texto, eu mesmo me afirmo ridículo. Obrigado pela crítica, mas ela foi lenta, pois como eu disse, já a havia feito. Seja sempre bem-vindo ao blog, obrigado pela sua leitura e participação.
    Abraços
    Vinícius Antunes

  5. Aproveito para repetir para o Sinesio o princípio do texto, muito embora, quiçá, ele não se identifique com a alcunha “inteligente leitor”:

    Calma, inteligente leitor. Não ache que o título é um preconceito de minha parte. Na verdade, quero o sentido original da palavra ridículo: aquele que provoca o riso. Falo isso não por mim, mas pelo que me mostraram os outros. Toda vez que falei de Ourilândia marquei um encontro com o riso, com o dente alheio.

    Sinesio, cobre dos piadistas de plantão que estão inclusive na própria Ourilândia.

  6. Prezado..

    Não é preciso gostar, mais respeito é bem vindo em todo e qualquer lugar, como sei que deve ser cavalheiro e como tal, bem culto, deveria lembrar que mora no Brasil, e está informado que este país é um misto de culturas…Ao contrário do que você afirma, na cidade do nunca existem pessoas humildes e que vivem bem, ao seu modo de vida, não tem necessidade de sua presença por aqui.Ridículo é saber que existem pessoas com sua audácia…que pensam tão pequeno assim..que diminuem as pessoas e não tem respeito algum.Coloque -se no seu lugar e como bem ja deve ter percebido sua presença aqui não foi bem aceita…aconselho a procurar um lugar ao qual atenda todas as suas expectativas…..boa viagem…

  7. cronicasdumasviagens

    Oi, Ariane.
    Fico assustado com comentários do seu nível. No lugar de vocês lutarem por uma cidade digna, preferem exaltar uma cidade que está o caos e, indiretamente, defender uma corja de políticos ladrões. Ourilândia não tem serviços para atender as necessidades de seus moradores. Eu estava só de passagem, já estou no Rio. Vocês ficam, deveriam ter mais respeito próprio. Se vcs lutassem assim diante do seu prefeito, mas preferem reclamar de um blog tão ridículo quanto Ourilândia.

  8. Meu caro ex amigo de classe, seu blog está excelente. Por vezes me vejo lendo suas crônicas, que de certa forma me fazem viajar por lugares que não conheço e talvez nunca conheceria sobre um ponto de vista tão distinto. Um grande abraço de seu antigo amigo da letras, Alexandre.

  9. Estarei indo a Ourilandia do Norte nos proximos dias visitar um amigo forasteiro assim como vc… e fiquei admirada da forma como vc vê a cidade e acredito q nada q vc diz em seu blog esteje sendo exagerado ou exorbitante,pois em nosso país tem muita diversidades e cada pessoa retrata da forma que vê.
    Espero q não me assuste muito,pois moro no interior de minas,numa cidade muito bonita onde se tem toda um infra estrutura p se viver.
    E ir a Ourilandia vai ser uma aventura…. abraço!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s