Escambos e antiguidades na Praça XV

Dizem que há tempos, nos primórdios da Feira de Antiguidades da Praça XV, esse negócio de dinheiro não era de maior valor. O que valia mesmo era aquela coisa boa quase cavernícola ou português/índio chamada escambo. Chegava-se com um produto e trocava-se por outro. Hoje, a feira é conhecida pelas suas antiguidades e o dinheiro não só tem um papel fundamental, como, pra comprar bem, é necessário muito dele. É um bom e diferente passeio. Os mais malandros compradores chegam por volta das 4 da manhã pra pegar o que existe de mais raro. Pra quem conhece San Telmo, a feira não deixa a desejar em produtos, mas sim em aparência. São barracas amontoadas sob o viaduto, ao lado da imunda Baía de Guanabara. Os espantos são garantidos por conta das desproporcionalidades. Da última vez que fui, achei um boneco velho, feio e fedido do Topo Gigio por 300 Reais. Em compensação, uma estátua muito bem conservada, bonita e imponente do Dom Quixote estava por 150 Reais. É um lugar para se ir com paciência, pois muitos vendedores não sabem precificar e é possível achar relíquias perdidas entre bagulhos. Muitos compradores já cantaram suas vitórias: “achei casaco de couro vindo da Europa por 2 Reais.”, “Achei aquela edição raríssima do Machado por 1 Real.”, “Decorei minha sala por 50 Reais.” Algumas dicas são importantes, anote aí no seu caderninho: 1) cuidado, a Praça XV não é lugar pra – como diria mamãe – “dar mole pra Kojak”, ande com a carteira no bolso da frente e evite falar em aparelho de celular caro. 2) Nunca compre um produto de cara, desvalorize o que você quer comprar e sempre faça uma contra-oferta. 3) Seja paciente, insistente e chato, é sempre possível achar algo bom. Anotadas as recomendações, prepare-se para respirar muitos ácaros e voltar no tempo ao aventurar-se entre as quinquilharias da Praça XV.

Antunes
15 de abril de 2010

A Feira de Antiguidades sob o viaduto

A Feira da Praça XV

As barracas e os vendedores

Uma resposta para “Escambos e antiguidades na Praça XV

  1. Camarada, esse é dos melhores lugares para se encontrar raridades. E como você bem disse, alguns vendedores não têm idéia do valor de algumas relíquias, sendo possível encontrar coisas magníficas a preço de banana.

    Muito bons os seus textos.

    Grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s