A Lista de Cotas

Cotas é nome da empresa telefônica de Santa Cruz de la Sierra. Obviamente, ela é responsável pelas chamadas e por gerar o catálogo de proprietários de linhas telefônicas com seus respectivos números. Recebi a seguinte missão: conseguir uma lista telefônica da Cotas e ajudar a minha esposa, estudante de geografia, a ter os números de praticamente todos os serviços bolivianos.

A primeira idéia foi a mesma que qualquer um teria: fui até a loja da Cotas solicitar uma lista, Las Páginas Amarillas.

– Hola, bom dia. Como vai?

– Buen día.

– Eu gostaria de uma Lista Telefônica.

– Sim, seu nombre.

– Vinícius Antunes.

– Não está aqui no cadastro.

– É, eu não sou cadastrado.

– Não tem linha telefônica?

– Não.

– Entonces a lista custará 50 bolivianos.

– Como?

– 50 bolivianos.

– Mas, não posso ganhar uma?

– 50 bolivianos.

– Mas é pra uma universidade brasileira, pesquisa, estudos…

– 50 bolivianos.

– Ok. Gracias.

Saí da loja da Cotas furioso. Como poderiam exigir de mim, estrangeiro, fazer uma assinatura para ganhar uma lista? Além disso, como eu pagaria 50 bolivianos por algo que era gratuito para qualquer boliviano? Tive um estalo, ir até a sede da Cotas no centro de Santa Cruz de la Sierra e chorar mais teatralmente.

– Buenos dias, señora, soy pesquisador da Universidade Federal de Rio de Janeiro no Brasil.

– Buenos.

– Faço uma pesquisa na área de Geografia e gostaria de solicitar uma lista telefônica – falei isto exibindo a carteirinha da UFRJ em uma mão e o documento de identidade na outra.

– Sí, señor. Você é cadastrado?

– Não.

– Custa 50 bolivianos.

– Como?

– 50 bolivianos.

– Mas é em prol da Ciência e do bem comum.

– 50 bolivianos.

– Ok.

Saí da loja arrasado, porém topei com duas distribuidoras de listas telefônicas. Tentei suborná-las.

– Hola, muchachas. Vocês querem me vender uma lista dessas?

– 50 bolivianos.

– Estão loucas? Isso eu pago na loja.

– 50 bolivianos.

– Ok, obrigado, pensei que pudesse conseguir mais barato.

Como eu diria para a minha amada esposa que não consegui uma mera lista telefônica? Saí decepcionado, quase me entregando à derrota, porém, quando dobrei a esquina dei de cara com uma central telefônica. Entrei. Percebi que ao lado de cada telefone público havia uma lista. Rapidamente pensei: roubo, não roubo, roubo, não roubo, roubo, não roubo, roubo. Fingi usar o telefone, enquanto isso meti a lista debaixo da blusa e saí dali como se fosse um homem grávido. Porém, logo ao redobrar a esquina, uma voz fantasmagórica disse-me: “Eu sou sua consciência… você nunca roubou no Brasil e roubará num país pobre como a Bolívia? Pense nas pessoas que precisarão desta lista.” Voltei ao lugar e devolvi as páginas amarelas.

Andei cabisbaixo pelas ruas circulares de Santa Cruz. Rodei por aqueles anéis para me embriagar de tontura já que não me embriago de álcool. Topei com uma livraria e resolvi esquecer o assunto comprando um livro. Escolhi Simulacros de Edmundo Paz Soldán e carreguei-o comigo até o caixa. Quando fui pagar, ao lado da dona da loja, estava uma lista da Cotas. Embranqueci. Sem ar, vi ali a possibilidade de minha última cartada:

– Hola, vou comprar este livro.

– São 15 bolivianos.

– Obrigado.

– De nada.

– Uma dúvida… Será que você teria uma lista telefônica como esta sobrando? É que sou novo aqui na cidade e às vezes quero pedir uma pizza e não tenho os números…

– Ah, claro, tenho sim, um momento.

E foi assim que saí da livraria com a lista da Cotas, triunfante, como se tivesse ganhado 50 bolivianos, ou melhor, como se tivesse ganhado a cidadania boliviana!

Antunes
Rio de Janeiro, 28 de maio de 2010

A lista telefônica boliviana. Meu troféu!!

É nesta garagem que fica o Orelhão, quase um "ORELHÓN"....

O telefone com a lista ao lado, uma tentação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s