El Parque Jurásico

A visão ainda estava turva por causa do sono. Levantei a cabeça e fixei bem o olhar, não era possível. Esfreguei os olhos e ele continuou ali: era um imenso dinossauro. Cutuquei a Emanoelle e a acordei: – olha, tamo no Jurrassic Park! Deixa de bobeira, Vinícius. Isso aqui é uma região de fósseis e pegadas de dinossauros – explicou-me. Ah, se desfez meu sonho. Confesso, leitor, sempre sonhei com toda força entrar em um Jurassic Park. Durante os filmes, sempre torci para que os dinossauros devorassem todos os humanos. Ainda não seria dessa vez que realizaria meu sonho, afinal, além de não ser o Jurassic Park, me falaram que pra turista, a visita à região de pegadas e fósseis é um passeio bem sem graça e que não vale a pena. Sendo assim, espero uma resposta do futuro! Que achem logo o AMBAR!

Antunes
Rio de Janeiro, 14 de junho de 2010

El dino de sucre, el dinosucre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s