Praça Gomes Freire

Os centros históricos não prezam pelo verde. O que é verde não tem história. Ninguém sabe da história duma árvore, mas sabe dos prédios. Mariana com alguns séculos é histórica, entretanto a milenar floresta amazônica, não. Quando minha esposa e eu topamos com uma praça verde entre sobrados, museus e templos, deliramos. Sobre os bancos de madeira fomos quaisquer dois anacrônicos numa praça ahistórica.

Antunes
Rio de Janeiro, 1 de novembro de 2010

O que é verde não tem história.

Ninguém sabe da história duma árvore, mas sabe dos prédios.

Sobre os bancos de madeira fomos quaisquer dois anacrônicos numa praça ahistórica.


Vídeo da Praça Gomes Freire em Mariana

Uma resposta para “Praça Gomes Freire

  1. É verdade, o verde não tem história. Em geral, as cidades escolhem alguma “árvore-símbolo” para preservar e acabam com as restantes. No meu bairro, tem uma sapucaia paparicadíssima que vira árvore de Natal todo ano. Pras outras, ninguém liga. Sniff! Sniff!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s