Crônica falada 2: Medo de avião

Quiçá, leitor, o medo de avião seja um dos temas mais recorrentes neste blog. Entonces, antes de começar a falar da Colômbia, viagem em que mais fiquei dentro de um monstro alado, falo de tal medo, revelo minha relação obtusa com o filho de Santos Dumont e critico nosso pior complexo: o Complexo de Ícaro!

Para ver os todas Crônicas Faladas, clique aqui

Antunes
Rio de Janeiro, 20 de janeiro de 2011

5 Respostas para “Crônica falada 2: Medo de avião

  1. Só pra constar, o culpado da morte de Santos Dumont não foi bem o avião… Foi quem se usou dele como RECURSO BÉLICO na Primeira Guerra Mundial. Ele ficou desiludido ao ver que o invento dele havia ajudado a matar milhões de pessoas e não aguentou.

  2. Lé, essa história é falsa, a verdadeira é a seguinte:
    Ele se matou porque depois que inventou o avião, percebeu que teria que voar nele. Aí, rapá, todo mundo botando pressão pra ele embarcar naquele 14 bis… ele não aguentou e preferiu morrer a voar. Depois disso, Dumont foi canonizado e passou a ser o Santo Dumont.

  3. Leve também paraquedas e colete salva-vidas à prova de balas. São ótimos em caso de pane e sequestro terrorista. 🙂 Vídeo legal!

  4. Amei a novidade das crônicas faladas, vini. Gostei da reflexão do tempo que a gente leva esperando os vôos do aeroporto!
    Continue com essa idéia dos videos. Amei.
    Sua leitora, Pri.
    Bom te ver atuando…

  5. Perfeita a sua idéia cara.. o texto está irado..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s