Brasil Colômbia

Penso que um velho marinheiro, que tenha viajado por todo o mundo, pode saber em que mar se encontra pela maneira do barco balançar.”
(Gabriel García Marquez em Relato de um náufrago)

Minha ansiedade para chegar à Colômbia era muito alta. Não pela Colômbia em si, mas pela Colômbia que havia e há em minha imaginação, pela Macondo que sonhei encontrar, inda que soubesse que para encontrá-la não precisava ir à Colômbia. Viajei por horas imensas, mas não tão imensas como as que viajei pelas páginas de Cem Anos de Solidão, Relato de um Naufrago, Amor nos tempos do Cólera, Cândida Erendira, o General em seu labirinto… enquanto eu voava, as frases, soltas, voavam por mim:

O mundo avança. Sim, respondi, avança, mas dando voltas ao redor do sol.
As pessoas que a gente ama deveriam morrer com todas as suas coisas.

Os filhos herdam as loucuras dos pais.

Antes de pisar em solo, eu não sabia qual das Colômbias era a mais real. Depois que pisei em solo, tampouco descobri. Sou um ignorante que não sabe onde começa e termina a Colômbia do García Marquez, onde começa e termina a Colômbia das FARC, onde começa e termina a Colômbia da Shakira. Sou tão ignorante que não sei a diferença entre a Colômbia e o Brasil. Eu achava tudo tão igual, tão igual ao ponto de me confundir e, por mais que o avião balançasse em ritmos diferentes, eu não sabia, enquanto voava, em que céu estava. Nas minhas primeiras horas, tive a certeza que brasileiros e colombianos somos irmãos, tive certeza que nossos países são idênticos, pelo menos enquanto se está no céu.

Antunes
Rio de Janeiro, 24 de janeiro de 2011

As citações no meio do texto são de García Marquez nos livros: Memórias de Minhas Putas Tristes, Amor nos tempos do Cólera e Cem anos de solidão.



Uma resposta para “Brasil Colômbia

  1. Que fotos lindas! Ainda me lembro de quando li “Cem Anos de Solidão” pela primeira vez. Aquela criatividade transbordante me deixou sem fôlego. Desde então, sinto que devo uma visita à Colômbia. Por enquanto, pego carona no seu blog. Obrigada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s