Arquivo da tag: Guia

Martín, el guía andino

Quando me aventurei nos interiores do Pará, tive a ajuda do grande guia da floresta, seu Luiz Gonzaga, que acabou se tornando uma espécie de amigo pessoal. Posso dizer que tenho sorte com guias, pois quando estive em La Paz e quis conhecer o Titicaca e as ruínas Tihuanaco, contei com a destreza, inteligência e simpatia de Don Martín. Exato. Martín como o argentino Martín Fierro. Porém, este, bolivianíssimo. Contou-me, entre sorrisos, a história do Centro de La Paz, narrou-me aventuras durante o caminho e me aguardou pacientemente visitar cada museu do império Tihuanaco.

Recomendo: quem for para La Paz, contrate os serviços do guia Martín que o levará de carro, por um preço justíssimo, para conhecer os mais fantásticos lugares bolivianos.

Faça contato com ele através dos hotéis LP Columbus

LP COLUMBUS: Stadium Miraflores, Av. Illimani N° 1990 • Telf. (591-2) 224 2444 Fax: (591-2) 224 5367, La Paz – Bolivia

Site: http://www.lphoteles.com/

Recomendo, também, muito bem, o hotel.

Obs.: Esta propaganda é inteiramente gratuita, ou seja, não ganhei nem um tostão para fazê-la, faço motivado pela qualidade do guia.

Antunes
Rio de Janeiro, 29 de julho de 2010

Don Martín, o guia e seu carro diante do Titicaca

Agendas Bonaerenses

Ok, está decidido, leitor, vamos a Buenos Aires. Pero, que fazer lá? Não pense em ir à praia, lá não tem. Tampouco trio elétrico, rodinha de samba, mulatas… Buenos é pra quem gosta de paisagens antigas, cafés, livros, carne e doce de leite. Uma boa opção é comprar aquele guia de viagens da Abril (foi por ele que fui guiado), mas se você é mão-de-vaca e não quer gastar seu rico dinheirinho… surpresa! Vai aqui a agenda para uma semana em Buenos Aires e a microagenda para viver três dias lá, conhecendo o que há de mais importante.

Agenda para uma semana:

1º dia

Feira de artesanato da Plaza Francia na Recoleta

Cemitério da Recoleta

Floralis Genérica

2º dia

Compras na calle Florida

Visita a Plaza de Mayo  (aproveite para conhecer a Casa Rosada e a Catedral que guarda os restos mortais de San Martín)

3º dia

Caminito e Bombonera

4º dia

Conheça os shoppins (o maior é o Abasto) e aproveite os preços dos Supermercados

5º dia

Zoológico

MALBA

Palermo Viejo

6º dia

Avenida Cordoba

San Telmo

7º dia

Caminhe pelas ruas

Puerto Madero

Microagenda: Três dias em Buenos Aires

1º diaSe for domingo, vá à feira da Plaza Francia (pode dar uma rápida espreitadela no cemitério da Recoleta), emende com uma visita a Floralis Genérica e termine jantando em Palermo Viejo.

2º diaVá ao Caminito, desemboque em La Bombonera e passe a noite no Distrito Balcarce em San Telmo.

3º diaFaça comprar na calle Florida, conheça a Praça de Maio e tenha uma noite de despedida em Puerto Madero.

Antunes

En avión rumbo al RJ, 10 de enero de 2010

Uma fazenda em Canaã

Quem me contou esta história foi meu guia: Luiz Gonzaga. Viajávamos de Parauapebas para Canaã e o “era uma vez” foi balbuciado diante duma fazenda abandonada. Transcrevo: “Era uma vez um homem que cá vivia: chapéu rasgado, macacão rasgado, botas rasgadas, olhos rasgados, parecia descendente de índios, não se sabe. Vivia entre os suínos que eram os primeiros a lhe grunhir “bom dia”. Comia ao lado deles. Dormia ao lado deles. Namorava com eles, ou, dizem alguns, namorava-os. Era porco também. Dado dia, chegaram dois famintos e lhe roubaram um porco das centenas. Zé dos Porcos foi à polícia, deu parte e ajudou a caçar e a prender os rateiros. Passados dias, um tiro fechou os olhos do Zé. Dizem que foi um amigo dos moços à guisa de vingança. Os porcos lhe comeram as carnes e quando descobriram o corpo só tava esqueleto. Descobriram também que debaixo da cama havia montanhas de ouro ainda da Serra Pelada. A família do Zé era de São Paulo e cansava de chamá-lo pra morar consigo. Zé dizia sempre não, se é que sabia pronunciar algo. Suas carnes ficaram para os porcos, seu ouro para os herdeiros e seus ossos bastaram ao chão.” Foi assim que seu Luiz concluiu a história, lembro como fosse agora.

Antunes

Rio de Janeiro, 4 de novembro de 2009