Arquivo da tag: Sobe e Desce

As ladeiras de Ouro Preto

Ora próximo de Deus, ora próximo do Diabo. Talvez seja isso o que as ladeiras de Ouro Preto queiram dizer. Ora próximo de Deus, ora próximo do Diabo. Toda subida carece de uma súplica e faz recordar orações mais ditas pelas avós. Toda descida, um momentâneo alívio, falsa ilusão que o sofrimento acabou. Se não bastasse, as ruas inda são tortas só pra lembrarmos-nos da certeza de Deus. E as pedras que escorregam, as que ferem os pés, as pedras de dor, ora são de Deus, ora são do Diabo. Por estas mesmas ladeiras, subiram inconfidentes, subiram escravos mineiros e escravos de ganho, subiram damas da corte, subiram homens valentes, subiram padeiros, subiram atores e todos eles, mais alguns passos à frente, novamente desceram. Ora próximo de Deus, ora próximo do Diabo.

Antunes
Rio de Janeiro, 21 de setembro de 2010