Arquivo da tag: Up in the air

Convite que fiz aos meus alunos de Educação Online em Fortaleza

Caros colaboradores do Banco do Nordeste,

Não sei quem aqui já viu aquele filme chamado “Up in the air” que em português foi pessimamente intitulado de “Amor sem escalas”. Pois bem, neste filme há dois personagens centrais: um que é responsável por demitir as pessoas presencialmente e uma jovem empreendedora que lança um sistema de demissão à distância. Eu venho até aqui, contratado pelo BNB para ampliar e modernizar a Educação a Distância do banco, mas não se preocupem que não vou fazer como a menina do filme e também não pretendo em momento algum demiti-los presencialmente.

Outro aviso muito importante: juro para vocês, acreditem em mim, eu não faço parte de uma organização terrorista de extermínio da educação presencial. Juro, é verdade mesmo. Muito pelo contrário, eu amo a educação presencial, sou professor e aluno da educação presencial, mas também amo a educação online e cada uma encontrou um espaço e um momento diferente na minha vida e acredito na coexistência delas.

Sei que o aperto de mão, o abraço, olhar presencialmente um no olho do outro é insubstituível. Mas, confesso que hoje pra mim, ver um vídeo no youtube, entrar no facebook, ler um texto cheio de hyperlinks também é insubstituível, cada coisa no seu momento. Há vantagens e desvantagens nos dois processos, por isso que dizemos que são modalidades diferentes. Meus amigos, acreditem que sei bem a diferença entre o presencial e o online. Conheci minha esposa através do mundo virtual, no Orkut. Mas, a lua de mel foi presencial. Creiam, há vantagens incríveis na Educação Online e vocês descobrirão como é bom estar na sala de aula virtual apenas de cueca e meia deitados no sofá de casa e descobrirão, também, como é maravilhoso poder falar com os outros alunos e com seu professor sem precisar escovar os dentes e não ter ninguém reclamando do seu bafo. Sendo assim, este é o convite que vos faço. Bem-vindos ao mundo da Educação Online.

Antunes
Fortaleza, 27 de maio de 2011

Chegada à Universidade Corporativa do Banco do Nordeste

A Moeda, diante da Universidade Corporativa do Banco do Nordeste

Sandra, uma pessoa maravilhosa e profissional extremamente competente. Minha tutoria no Banco do Nordeste.

Os alunos em sala de aula, estudando EAD

Diante da turma, dando algumas orientações

UPIM DER – Versão tupiniquim de Up in the air

Foi sentado no branco sofá de minha casa que meu amigo Roberto Augusto me estimulou a ver o tal do filme. Se chama o dito: Up in the air, porém a tradução o tornou Amor sem escalas (alguém me explique!). Alegava o Roberto ter lembrado de mim porque trabalho também viajando e estão envolvidas aí algumas grandes corporações. Verdade. Vi e também lembrei de mim. Porém, versão baixo custo, vide a cara dos protagonistas: lá George Clooney, aqui Vinícius Antunes, que em comum só têm o viajar e o branquear dos cabelos.

Estimulado, então, pelas palavras amigas e por minha viagem a Ourilândia, resolvi fazer um comparativo destes dois personagens: de um lado, George Clooney mero astro hollywoodiano; do outro lado, Vinícius Antunes (eu), escrevedor tupiniquim de blogs.

George Clooney
Local de atuação: EUA
Número de viagens por ano: 346
Vantagens como cliente de companhias de aviação: Cliente ESPECIAL da American Airlines com 10 milhões de milhas.
Meios de transporte usados: Avião
Locais de hospedagem:  Hotéis Hilton

Vinícius Antunes
Local de atuação: Brasil (regiões como Parauapebas, Ourilândia, Canaã dos Carajás e Paragominas)
Número de viagens por ano: 30 (exagerando!)
Vantagens como cliente de companhias de aviação: Virei cliente prata da Gol, uh-uh! 20 mil milhas!
Meios de transporte usados: Avião, taxi, ônibus, van, trem e jegue.
Locais de hospedagem:  Ferraz Maia Hotel, Carajás Hotel Palmares.

Espero agora, o dia em que farão uma produção nacional em que eu seja o astro. Já tenho uma amiga na faculdade de cinema: Renée, espero que você se sensibilize e capriche aí no meu filme. Pois, pra mim, antropofagia é isso, diria Oswald de Andrade: come-se o George Clooney e caga-se o Vinícius Antunes pro mundo.

Antunes

Aeroporto de Belém, 22 de março de 2010